Eleições 2022: saiba quem são os deputados mais votados do país

Em comparação com 2018, desempenho dos candidatos caiu. Mesmo assim, mais votados chegam a 1 milhão de votos

atualizado 03/10/2022 0:55

Carla Zambelli, Nikolas Ferreira e Guilherme Boulos Reprodução

O candidato a deputado federal Nikolas Ferreira (PL) foi o mais votado nas eleições deste domingo (2/10), entre as cadeiras para as câmaras federais e estaduais. Além de mais votado do país, o vereador de Belo Horizonte, de 26 anos, bateu o recorde histórico em Minas Gerais, segundo maior colégio. Nikolas foi escolhido por 1,4 milhão de eleitores no estado.

A diferença entre ele e o segundo colocado, André Janones (Avante), chega a mais de 1,2 milhão de votos.

Guilherme Boulos (PSol), que também conquistou uma vaga na Câmara dos Deputados, teve 1 milhão de votos. O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto abriu mão de concorrer ao governo de São Paulo e se tornou o segundo deputado mais votado do país.

Completam o top cinco Carla Zambelli (PL), Eduardo Suplicy (PT) e Eduardo Bolsonaro (PL).

Veja quem são os dez mais votados:

  1. Nikolas Ferreira (PL-MG) – 1.492.047
  2. Guilherme Boulos (PSol-SP) – 1.001.472
  3. Carla Zambelli (PL-SP) – 946.244
  4. Eduardo Suplicy (PT-SP) – 807.015
  5. Eduardo Bolsonaro (PL-SP) – 741.701
  6. Ricardo Salles (PL-SP) – 640.918
  7. Bruno Engler (PL-MG) – 637.412
  8. Delegado Bruno Lima (PP-SP) – 461.217

Mesmo com as votações expressivas, os números deste ano não alcançaram a mesma proporção da eleição passada. Em 2018, Janaina Paschoal, então candidata pelo PSL à Assembleia Legislativa de São Paulo se tornou a deputada mais votada da história com 2 milhões de votos. Neste ano, ela concorreu para o cargo de senadora pelo PRTB, conquistou apenas 447.540 votos e não foi eleita.

Nas últimas eleições, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, disputou uma vaga na Câmara dos Deputados pelo PSL e foi o segundo mais votado, com 1,8 milhão de votos. Agora, na busca pela reeleição, teve menos que a metade dos votos.

Fechando o ranking de 2018, está Joice Hasselmann, na época do PSL, que atingiu a marca de 1,078 milhão de votos. Ela também não conseguiu acompanhar o desempenho do último pleito e alcançou apenas 13.679 votos em 2022.

  1. Janaina Paschoal (PSL-SP) – 2.060.786
  2. Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) – 1.843.735
  3. Joice Hasselmann (PSL-SP) – 1.078.666
  4. Celso Russomano (PRB-SP) – 521.728
  5. Mauro Tramonte (PRB-MG) – 516.390
  6. Kim Kataguiri (DEM-SP) – 465.310
  7. João Campos (PSB-PE) – 460.387
  8. Tiririca (PR-SP) – 453.855
  9. Delegado Francischini (PSL-PR) – 427.749
  10. Delegada Gleide Angelo (PSB-PE) – 412.636

Mais lidas
Últimas notícias