Eleições 2022: crianças podem entrar na cabine de votação?

Pequenos e pequenas podem acompanhar os adultos no local de votação, mas cabe ao mesário permitir ou não o acesso à cabine

atualizado 01/10/2022 8:01

Teste de integridade das urnas eletrônicas com biometria Hugo Barreto/Metrópoles

Eleitores de todo o Brasil começam a se preparar para o primeiro turno das eleições, que ocorre neste domingo (2/10). Famílias que precisarem levar crianças até os locais de votação não serão impedidas.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pais ou responsáveis por crianças pequenas têm autorização para levá-los até a sala de votação.

No entanto, as regras sobre a entrada de crianças nas cabines devem ser definidas por cada mesário. O profissional deve decidir se a criança pode acompanhar os pais até a urna ou não.

Eleição 2022

Realizada em todo o país neste dia 2 de outubro, o pleito definirá os cargos de presidente e, em cada estado, governador, senador, deputado federal e estadual (no DF, distrital).

No caso dos representantes do Poder Executivo – senadores, governadores e presidente da República –, o sistema é majoritário, ou seja, vence o candidato que obtiver o maior número de votos válidos, podendo ser de forma absoluta ou simples.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Presidente, governador, senador e deputado: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022

A forma absoluta ocorre quando o candidato recebe mais de 50% dos votos válidos. Quando nenhum dos candidatos alcança a maioria, é realizado um segundo turno.

Na modalidade simples ou relativa, o candidato que obtiver maior número de votos em relação aos seus concorrentes é eleito. Isto ocorre especialmente com senadores.

Na disputa para deputados federais e estaduais, o que vale é o sistema proporcional, que computa os votos para o partido ou legenda, sendo assim, os eleitores escolhem de forma indireta seus candidatos.

Mais lidas
Últimas notícias