Ciro Gomes discute com jornalistas em entrevista ao programa Roda Viva

Bate-boca exibido no programa dessa segunda começou quando Ciro foi questionado pelo jornalista Flávio Costa sobre negociação com o Centrão

atualizado 16/08/2022 15:24

ciro gomesVinícius Santa Rosa/Especial para o Metrópoles

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, protagonizou uma discussão com jornalistas durante entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura, nessa segunda-feira (16/8). O bate-boca teve início após o político ser questionado pelo jornalista Flávio Costa sobre o discurso de pacto nacional e plebiscito.

O pedetista foi o segundo postulante ao Palácio do Planalto a participar da série de entrevistas com presidenciáveis. Na semana passada, a candidata Simone Tebet (MDB) participou do programa.

Ao longo de duas horas de transmissão ao vivo, Ciro falou sobre aspectos do seu plano de governo e respondeu a perguntas dos entrevistadores. No entanto, ele se desentendeu com os entrevistadores, que tentavam cumprir o roteiro da entrevista mesmo diante da limitação de tempo.

Presidente, governador, senador e deputado: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022

Entenda a discussão

Em um determinado momento, Flávio Costa questionou o ex-ministro sobre as estratégias que ele usaria no governo para negociar com o Centrão, grupo que domina o Congresso.

“Isso não é tensionar ainda mais essa relação com o Congresso, que é dominado por Arthur Lira, Ciro Nogueira, essas raposas do Centrão? Eu não vejo como um simples ato de disputar a eleição vai ser mais fácil para conseguir a aprovação das medidas. Eu gostaria de saber mais como você vai conseguir negociar com essa gente, porque é a gente que domina o Congresso”, perguntou o jornalista.

Confira trecho do programa:

Em vez de responder, Ciro Gomes começou a citar as propostas dele para o governo, quando foi interrompido pela apresentadora Vera Magalhães.

“Candidato, eu preciso lhe interromper porque, senão vira discurso, e é uma entrevista. O senhor já falou tudo isso”, explicou Vera.

“Mas ele [Flávio Costa] fez de conta que não ouviu. Isso não é discurso, não. É resposta objetiva para uma pessoa que não ouviu o que falei para o outro”, se justificou Ciro, que ainda questionou o motivo da “hostilidade” com que estava sendo tratado.

Vera, então, explica que é impossível não interrompê-lo porque o programa só tem duas horas.

Após a discussão, a entrevista continuou e foi ao intervalo. Na volta, o clima estava mais ameno e Ciro Gomes fez uma brincadeira dando uma declaração diretamente para a irmã da apresentadora, Roberta, que teria reclamado da discussão.

“Primeiramente, preciso mandar um abraço para dona Roberta. Essa discussão aqui são só os assuntos do Brasil. Eu tenho muito afeto por todos aqui e sou muito defensor das minhas ideias”, disse o candidato à Presidência.

Mais lidas
Últimas notícias