Bolsonaro diz que vai vencer e “Lula continuará no lixo da história”

O presidente afirmou que vai ganhar "no primeiro turno" das eleições e que o petista "nunca mais vai roubar o povo brasileiro"

atualizado 22/09/2022 14:05

BolsonaroReprodução

Em comício em Belém, no Pará, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a direcionar alfinetadas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), principal rival na disputa pelo Palácio do Planalto. Segundo o candidato à reeleição, ele terá vitória em primeiro turno, e o petista “continuará no lixo da história”.

“Esse cara nunca mais vai roubar o povo brasileiro. Ser honesto não é virtude, é obrigação. Tenho certeza de que continuaremos fazendo o nosso trabalho, reconhecido dentro e fora do Brasil. Somos um país fantástico”, disse o mandatário.

Bolsonaro ainda reforçou, durante a fala, que ganhará de Lula “no primeiro turno”. “Agradeço o apoio que tive em 2018, e agora será dobrado, por ocasião das eleições de 2 de outubro. Nós vamos ganhar no primeiro turno. Juntos, manteremos um país livre e próspero”, completou.

O presidente partiu da capital federal por volta das 6h desta quinta-feira (22/9), com destino a Belém. Antes de participar do comício eleitoral, ele esteve em uma “motociata”.

Depois de Belém, o presidente ainda deve ir a Manaus, capital amazonense, para ato de campanha. A previsão é que ele retorne a Brasília nesta quinta.

Pesquisa Ipec

Pesquisa divulgada pelo Instituto Ipec, na segunda-feira (19/9), mostrou que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 47% das intenções de voto no primeiro turno das eleições, contra 31% de Jair Bolsonaro (PL).

O resultado do levantamento representa estabilidade entre os dois primeiros colocados em relação à última sondagem, divulgada em 12 de setembro. Antes, Lula aparecia com 46%, enquanto Bolsonaro tinha 31%.

O Ipec ouviu 3.008 pessoas, entre 17 e 18 de setembro, em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no TSE com o número BR-00073/2022.

Mais lidas
Últimas notícias