TSE enfrenta instabilidade no sistema de divulgação de resultados

Falha ocorre, com idas e vindas, desde o encerramento da votação. Tribunal apura motivos do problema

atualizado 15/11/2020 19:49

Operação Eleições 2020 no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN)Fotos Igo Estrela/Metrópoles

Após apresentar falhas no E-Título, o sistema oficial de apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresenta neste domingo (15/11) instabilidade na divulgação da apuração de votos e divulgação dos resultados. A falha ocorre, com idas e vindas, desde pouco depois do encerramento da votação.

Segundo a assessoria do TSE, a totalização está acontecendo normalmente, os tribunais enviaram as informações, em bloco, por uma rede interna, mas a divulgação destas informações para o aplicativo está lenta.

O tribunal está apurando os motivos da instabilidade e divulgou uma nota à imprensa (veja a íntegra do esclarecimento no final desta matéria).

0

Durante este domingo, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, lamentou e se desculpou pela instabilidade no aplicativo do e-Título, mas não comentou o problema subsequente. Barroso disse também que os servidores do tribunal sofreram tentativa de ataque hacker mais cedo.

Nota do TSE

“Em razão de uma lentidão no processo de totalização dos votos (soma dos votos), está ocorrendo um atraso para a divulgação dos resultados da apuração.

Os dados estão sendo remetidos normalmente pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e recepcionados normalmente pelo banco de totalização, que está somando o conteúdo de forma mais lenta que o previsto.

O problema está sendo resolvido pelos técnicos, para a retomada mais célere do processo de divulgação.

Ressaltamos que não há nenhuma relação com o vazamento de dados pessoais de servidores e nenhuma relação com a tentativa de ataque cibernético registrada pela manhã.”

Últimas notícias