“Não posso celebrar sem lembrar meu pai”, diz João Campos, eleito em Recife

Neste segundo turno, o deputado federal teve 56,27% dos votos válidos, derrotando Marília Arraes (PT), sua prima

atualizado 29/11/2020 20:06

Rodolfo Loepert/Divulgação

Em seu primeiro pronunciamento em público após ser eleito prefeito do Recife (PE), João Campos (PSB) fez uma rodada de agradecimentos a aliados que culminou com uma homenagem ao seu pai, Eduardo Campos, morto em um acidente de avião durante a campanha presidencial de 2014.

“Não poderia celebrar esta vitória sem lembrar da minha referência na vida e na política, o meu pai, Eduardo Campos”, disse.  Neste segundo turno, o deputado federal teve 56,27% dos votos válidos, derrotando Marília Arraes (PT), sua prima e colega na Câmara, que terminou com 43,73%.

Outros aliados saudados por Campos no discurso foram a vice-prefeita eleita, Isabella de Roldão (PDT), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) – de quem já foi chefe de gabinete -, e a sua companheira, a deputada federal Tabata Amaral (PDT).

Últimas notícias