Eleições 2020: nenhum candidato apoiado por Michelle Bolsonaro foi eleito

Na capital paulista, o ex-atleta olímpico Diego Hypolito, amigo pessoal da primeira-dama, obteve pouco mais de 3,7 mil votos

atualizado 16/11/2020 13:27

Reprodução/Instagram

Os quatros candidatos a vereador indicados pela primeira-dama Michelle Bolsonaro não conseguiram votos suficientes para serem eleitos no pleito desse domingo (15/11).

O baixo desempenho se assemelha ao do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que indicou 59 postulantes, mas elegeu apenas 12 deles. Marcelo Crivella (Republicano) e Capitão Wagner (Republicano) disputarão o segundo turno.

Os apoiados pela primeira-dama foram os candidatos a vereador em São Paulo (SP), o ex-ginasta Diego Hypolito (PSB); em Campina Grande (PB), Patrick Dornelles (PSD); no Rio de Janeiro (RJ), Anderson Bourner (Republicanos), e em Fortaleza (CE), Dom Lancellotti (Republicanos).

Na capital paulista, o ex-atleta olímpico Diego Hypolito, amigo pessoal de Michelle Bolsonaro, obteve pouco mais de 3,7 mil votos — entre os vereadores eleitos, o último colocado teve 13,7 mil votos.

A primeira-dama declarou apoio publicamente aos quatro postulantes na rede social Instagram, onde separou, inclusive, um espaço justamente para divulgar essas candidaturas. Ao contrário do que fez o marido, ela não apagou os nomes após os resultados das eleições.

0

Últimas notícias