Homem quebra urna a marretadas em Santa Catarina

As mídias onde são computados os votos não foram afetadas. Os dispositivos foram inseridos em uma nova urna eletrônica

atualizado 07/10/2018 16:17

Um homem de 25 anos entrou com uma marreta em uma seção eleitoral no bairro Graziela, em Morro da Fumaça, no sul de Santa Catarina, e destruiu uma urna eletrônica. Morador do município, ele foi detido por outros eleitores até que a Polícia Militar chegasse ao local. A informação é da NSC Total.

De acordo com a reportagem, as mídias onde são computados os votos não foram afetadas. Os dispositivos puderam ser inseridos em uma nova urna eletrônica e nenhum voto realizado foi perdido.

Segundo a publicação, conhecidos do homem que destruiu a urna dizem que ele sofre de problemas psicológicos. “O eleitor já havia publicado nas redes sociais textos informando que destruiria o equipamento. Ele também já teria postado que iria matar o presidente da República, Michel Temer, e não manifestava preferência por nenhum candidato ou partido”, informa a matéria.

Veja o vídeo da prisão do acusado:

Últimas notícias