*
 

Mais de 15 mil estudantes participam do vestibular de inverno da Universidade de Brasília (UnB), neste fim de semana. Neste sábado (2/6) e domingo (3/6), os candidatos terão cinco horas  – das 13h às 18h – para disputar 2.105 vagas distribuídos nos campus Darcy Ribeiro (na Asa Norte), Ceilândia, Gama e Planaltina.

As avaliações acontecem simultaneamente em 11 cidades: Brasília, Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga, no Distrito Federal. Em Goiás, os inscritos farão as provas em Formosa , Valparaíso e na capital, Goiânia. Já em Minas Gerais, a UnB aplicará provas em Uberlândia.

No primeiro dia, sábado (2/6), a prova inclui 30 itens de língua estrangeira e 120 itens de português, literatura, geografia, história, artes, filosofia e sociologia, além da redação. Já no domingo (3/6), os estudantes respondem a 150 itens de matemática, física, química e biologia. “Eu não estou tão nervosa, achei que ficaria mais, mas acordei bem calma”, afirmou Ana Beatriz, de 18 anos, pouco antes de passar pelo portão.

De acordo com a jovem moradora do Cruzeiro, a mãe é quem está mais ansiosa. “Meus pais vieram me trazer e estão bem agitados, mas eu já me preparo há mais de um ano e estou confiante”, ressalta a futura caloura de medicina. Mesmo tendo mais aptidão para as áreas de exatas, Ana Beatriz diz não temer a redação. “O difícil é segurar a curiosidade para saber qual o tema deste ano e adivinhar qual será a viagem deles”, completa.

Desta vez, os retardatários foram ajudados pelos organizadores, que deram 10 minutos de tolerância. Contudo, alguns candidatos não puderam realizar a prova. Foi o caso da paulista Marina Fangel, de 17 anos.  A estudante, que veio de Indaiatuba (SP) especialmente para o vestibular, acabou esquecendo o documento de identidade na mala, na casa dos tios onde está hospedada, em Águas Claras.

“Eles ainda tentaram trazer para mim, mas não conseguiram chegar a tempo”, contou. Apesar de ainda cursar o terceiro ano do ensino médio, Marina pretendia testar os conhecimentos e ingressar os estudos em medicina. “É horrível. A gente sempre vê na televisão os atrasados, damos risadas, mas, quando chega a nossa vez, não é nada engraçado”, desabafou.

Queda nas inscrições 
Em 2018, a UnB, que atravessa a pior crise financeira de sua história, assiste a uma queda no número de inscritos em seu vestibular. Foram quase 5 mil a menos do que em 2017, quando 19.866 pessoas se inscreveram para o certame.

De acordo com o Cebraspe, “a variação no número de inscritos é normal de um ano para o outro. Um dos fatores que podem explicar é a coincidência de datas com outros vestibulares de universidades federais”.

No campus Darcy Ribeiro, no Plano Piloto, o curso mais concorrido é o de medicina (bacharelado), com 179 pessoas por vaga, seguido por direito (bacharelado), com 30,53 concorrentes por oportunidade. Em terceiro lugar, vem o curso de psicologia (bacharelado/licenciatura/psicólogo), com uma demanda de 27,56 inscritos para cada oferta.