*
 

Há mais de três meses, quase 250 mil ex-estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) não tinham feito pagamento da parcela que deviam ao programa. Entre dezembro de 2014 e março de 2018, o número de inadimplentes mais que dobrou. A informação é da GloboNews.

Quatro anos atrás, a taxa de devedores era de 18,9%. O cenário para este ano é alarmante: 41% ainda não quitaram a dívida. Segundo a reportagem, os dados foram obtidos pelo G1, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Atualmente, o número de pessoas financiadas pelo Fies é de 612.225. A expectativa estimada pelo governo era que apenas 10% desse público, que já passou pela fase de financiamento, carência e amortização, entrassem na fila da inadimplência.

Apesar dos descumprimentos de pagamento, o governo ainda não se pronunciou sobre as regras do Programa Especial de Regularização do Fies, aprovado no Senado Federal em novembro passado.

Questionado sobre o assunto, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) adiantou que “ainda não há qualquer contrato vinculado a esse programa [de Regularização do Fies]” por causa da falta de regulamentação. A divulgação dos números de inadimplentes só começou em 2015. A justificativa é que os contratos na fase de amortização ainda era pequeno.