*
 

A espera está chegando ao fim! Neste domingo (4/11), 5,5 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 serão aguardados em locais de prova por todo o Brasil para realizar a primeira etapa da avaliação – responder questões de ciências humanas, linguagens e códigos, além de escrever uma redação.

Mas atenção! Além de ficar atento aos endereços e ao horário de abertura e fechamento dos portões, é essencial estar ciente da documentação a ser apresentada no dia do exame, bem como dos itens proibidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização da seleção.

Vamos fazer um checklist?
De acordo com o Inep, quando o candidato chegar ao local de prova, é preciso apresentar documento oficial de identificação com foto. Inscritos sem documentação não poderão fazer a avaliação. Também não serão aceitos documentos em formatos eletrônicos, cópias simples ou autenticadas. Contudo, o instituto passou a permitir que o participante leve mais opções de identificação nos dias do exame.

Confira, abaixo, as opções de documentos aceitas:

via GIPHY

 

  • Cédulas de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
  • Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Certificado de Dispensa de Incorporação;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
  • Identidade funcional.

Em caso de perda ou roubo de documento, o interessado deve apresentar boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação de prova.

Com que caneta eu vou?
Quem for fazer o Enem deve, obrigatoriamente, levar caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. O alerta já foi feito no site do Inep. Portanto, não serão permitidos lápis, lapiseiras e canetas feitas com outros tipos de materiais. Além disso, itens como borrachas, apontadores, réguas e equipamentos eletrônicos – por exemplo, calculadoras e smartphones – também são proibidos.

via GIPHY

 

Se o candidato portar algum dos itens não autorizados nos dois dias de prova, a recomendação é guardá-los no envelope porta-objetos e lacrá-lo antes de entrar na sala. O participante deve depositar o pacote debaixo da cadeira até terminar o exame.

Locais de prova
Se você ainda não conferiu onde fará o Enem, acesse a página do participante. Os dados constam no cartão de confirmação de inscrição, que também informa o número do inscrito, data e horário da aplicação da prova, se há solicitação de atendimento especializado e a opção de língua estrangeira escolhida pelo participante.

via GIPHY

 

Para obter as informações, é necessário fazer login na referida página do Inep e fornecer o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a senha de acesso. Os dados estão disponíveis desde o dia 22 de outubro. Segundo o instituto, até essa segunda-feira (29/10) mais de 4 milhões de participantes já tinham feito consulta no site.

É importante lembrar que o cartão não é mais enviado para as residências dos inscritos. Portanto, é recomendável salvar a informação. Em caso de esquecimento de senha ou dúvidas, acesse o campo de orientações aos participantes.