Enem: super-heróis e vendedor de cachorro quente chegam atrasados

Grupo de cosplayers simulou chegar atrasado no primeiro dia do exame. No Gisno da Asa Norte, ninguém esqueceu do horário

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 03/11/2019 14:27

Os portões para estudantes fazerem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 fecharam neste domingo (03/11/2019) exatamente às 13h (horário de Brasília). Mas, ao contrário das edições passadas, este ano o Metrópoles não registrou nenhum atraso de candidatos…

… com exceção de três homens-aranhas, um batman, um stormtrooper (soldado do Darth Vader, em Star Wars) e um vendedor de cachorro-quente. No Centro Educacional Gisno, na Asa Norte, o grupo simulou um atraso. “O nosso carro furou o pneu. Por isso a gente atrasou”, explicou Júlio César, um dos homens-aranhas, apontando para o carro de papelão (veja foto).

Na verdade, a turma de super-heróis não iria fazer a prova. O grupo de cosplayers realiza o show há quatro anos. Desta vez, contudo, os integrantes ficaram chateados por não terem encontrado nenhum candidato que realmente se atrasou.

Rafaela Felicciano/Metrópoles

“Só a gente [se atrasou]? Aumentou o mico, então”, lamentou categoricamente Júlio César.  “Pessoal não está se atrasando mais, estão ficando conscientes”, analisou.

Júlio César é formado em Administração. Além dele, participaram da encenação Leonardo Braga (Batman), 32, professor de Estatística desempregado; Fabiano Dantas (homem-aranha), 23, estudante de Direito; Roberto Garcia (homem-aranha), 26, formado em educação física; Ciro Gomes (stormtrooper), 34, formado em relações internacionais; e Elson Filho (vendedor de cachorro-quente), 29.

Últimas notícias