*
 

O tão esperado dia chegou! A primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 acontece neste domingo (4/11). Cerca de 5,5 milhões de pessoas são esperadas em locais de prova distribuídos de norte a sul do país para responder as 45 questões de ciências humanas e 45 de linguagens e códigos, além de elaborarem uma redação.


Para o dia do candidato transcorrer com tranquilidade, o Metrópoles reuniu nesta matéria as principais orientações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela seleção, em relação aos locais de prova e horários, além do que é considerado obrigatório e proibido para o participante.

Após o inscrito conferir onde fará o exame, é importante ter conhecimento sobre qual documentação deve ser apresentada nos locais de prova. O Inep tem alertado, por meio de seu site e redes sociais, que a apresentação de documento oficial de identificação com foto é obrigatória. Ou seja, quem estiver sem documentação na data não poderá fazer o exame. Ainda de acordo com o instituto, não serão aceitos arquivos em formatos eletrônicos, cópias simples ou autenticadas.

via GIPHY

 

Entre as opções de identificação aceitas nos dias do exame estão:

  • Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
  • Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Certificado de Dispensa de Incorporação;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
  • Identidade funcional.

Em caso de perda ou roubo de documento, o interessado deve apresentar boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação de prova.

Não sei meu local de prova. E agora?
Ainda dá tempo de o participante saber onde fará a avaliação do Enem. Para isso, é necessário fazer login na página do participante, fornecendo Cadastro de Pessoa Física (CPF) e senha de acesso. A informação estará no cartão de confirmação de inscrição, no qual também consta o número do inscrito, data e horário de aplicação da prova, se há solicitação de atendimento especializado e a opção de língua estrangeira escolhida pelo participante.

Os dados estão disponíveis na internet desde 22 de outubro. Segundo o Inep, até a última quarta-feira (31/10), 81,63% dos candidatos já tinham feito a consulta. Em caso de esquecimento de senha ou dúvidas, acesse o campo de orientações aos participantes.

via GIPHY


O que devo levar?

Quem for fazer o exame deve, obrigatoriamente, usar caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. Não serão permitidos lápis, lapiseira e canetas feitas em outros tipos de materiais. Além disso, itens como borrachas, apontadores, réguas e equipamentos eletrônicos – por exemplo, calculadoras e smartphones – também são proibidos.

Caso o participante leve algum dos itens não autorizados, nos dois dias de prova, a orientação é guardá-los no envelope porta-objetos e lacrá-lo antes de entrar na sala. Posteriormente, o inscrito deve depositar o pacote debaixo da cadeira. O embrulho deve permanecer no local até término do exame.

via GIPHY


Horários

Nos dois dias de aplicação de prova – 4 e 11 de novembro –, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h (horário de Brasília). O horário brasileiro de verão começará no primeiro dia do exame. Portanto, fique ligado! Os ponteiros do relógio serão adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país.


Ao todo, o Brasil terá quatro fusos durante a vigência do horário de verão. Contudo, o fechamento dos portões para os candidatos do Enem ocorrerá na mesma hora, acompanhando o horário oficial de Brasília. Quem preferir se guiar pela hora local de sua cidade para não se atrasar pode se orientar por meio das redes sociais do Inep.

via GIPHY

 

Maratona
Neste domingo (4), os participantes terão cinco horas e meia para resolver as questões do caderno de humanas – das 13h30 até as 19h. Já no domingo seguinte (11) é o dia da avaliação de exatas. Na data, os participantes terão cinco horas para responder 45 questionamentos de matemática e 45 sobre ciências da natureza – com início às 13h30 e término às 18h30.

A 20ª edição do exame recebeu 6.774.891 inscrições e tem 5.513.726 participantes confirmados para os dois dias de prova. Do total, 3.257.695 são de mulheres (59,1%) e 2.256.017 homens (40,9%).


Em 14 de novembro, serão divulgados os gabaritos e os cadernos de questões. Os resultados finais devem ser anunciados em 18 de janeiro de 2019.