Descubra o que você precisa saber para a prova de geografia do Enem

O professor Raoni Lima, do EstudoPlay, alerta que o estudante deve ficar atento aos temas da atualidade

atualizado 02/05/2022 17:13

globo terrestrePixabay

A prova de geografia é aplicada no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no caderno de Ciências Humanas e suas Tecnologias. As questões costumam ser longas e exigem que o aluno tenha uma boa interpretação de texto, domínio sobre os problemas sociais brasileiros, uso dos recursos naturais, saúde pública e novas tecnologias.

As 45 questões permitem que os estudantes relacionem os conteúdos de sociologia, filosofia, história e geografia, contemplando a interdisciplinaridade da prova.

O professor Raoni Lima, do EstudoPlay, separou algumas dicas para os alunos que irão fazer o exame este ano.

“A prova de geografia no Enem costuma ser uma prova, dentro das ciências humanas mais abrangente. É uma gama de conteúdos heterogêneos que aparecem na prova de geografia, a gente vai desde geografia física, geologia, cartografia, e até questões de geografia humana.”

O professor destaca questões de geografia agrária, discutindo a produção no Brasil e técnicas agrícolas. O aluno não pode deixar de lado as perguntas sobre globalização, população, geografia urbana e temas ambientais.

Nas questões de globalização, o professor revela que os estudantes não precisam focar na guerra da Ucrânia, contudo, devem ficar atentos às questões geopolíticas envolvendo a invasão russa à Crimeia, em 2014 pelo Putin.

“Em função da idade do banco de questões, a gente não vai ter algumas questões muito relevantes de atualidades. Como por exemplo, Covid-19 ou guerra da Ucrânia, isso não quer dizer que o aluno não precise se manter atualizado. É muito interessante, inclusive para construção da redação, que ele tenha um conhecimento geral, que ele saiba, por exemplo, o impacto que as tecnologias têm na nossa vida.”

Entenda o conflito entre Rússia e Ucrânia:

O Exame Nacional do Ensino Médio de 2022 será realizado nos dias 13 e 20 de novembro.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias