Eduardo Guardia substituirá Meirelles no Ministério da Fazenda

Substituição está prevista para acontecer na terça-feira (3/4), quando Henrique Meirelles deixará a pasta

atualizado 29/03/2018 0:02

Beto Barata/PR

O atual secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, passará a ocupar o comando da pasta. A sugestão do dirigente para o cargo foi feita por Henrique Meirelles e acatada pelo presidente da República, Michel Temer (MDB). As informações foram divulgadas pelo jornal O Globo.

A reportagem informa que, segundo interlocutores da área econômica, a substituição está prevista para ocorrer na terça-feira (3/4), dia em que Meirelles oficializará sua saída da pasta a fim de tentar ser candidato à Presidência da República nas eleições deste ano.

Apesar da troca de comando no Ministério da Fazenda, a expectativa é que as equipes econômicas permaneçam no governo. O nome de Guardia era considerado o mais cotado para a substituição de Meirelles, mas Temer só teria batido o martelo na tarde desta quarta-feira (28/3), após uma série de reuniões no Planalto.

O emedebista também decidiu, nesta tarde, que o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, deixará o cargo para assumir o Ministério da Saúde, no lugar do ministro Ricardo Barros, e Valter Casimiro Silveira, atual diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), comandará o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, substituindo o atual encarregado, Maurício Quintella. Enquanto Barros tentará uma vaga na Câmara dos Deputados, Quintella pretende concorrer ao Senado Federal.

Últimas notícias