Troca de carro: veja quais modelos mais perderam valor de mercado

Pesquisa da KBB Brasil aponta que o Toyota Hilux foi o único que apresentou valorização no ano passado

atualizado 29/01/2020 17:18

Uma das informações básicas para quem deseja comprar ou trocar um carro por um modelo zero-quilômetro é observar a depreciação do novo automóvel quando ele sai da concessionária.

É a depreciação, por exemplo, que vai dizer ao consumidor por quanto ele deveria comercializar o carro no mercado de usados.

Pesquisa da KBB Brasil, site referência em precificação de veículos novos e usados, identificou os 10 carros que mais perderam valor no ano passado e os que menos sofreram depreciação.

Maiores depreciações
A pesquisa mostra que, entre os 10 carros que mais perderam valor de mercado após sair da concessionária, três são da Ford.

Em primeiro lugar, o índice de queda em preço do Ford Focus fica em 28,13%, próximo ao modelo do Ford Focus Fastback, na terceira posição, com queda de 25,99%.

O Fiat Weekend ocupa o segundo lugar, com depreciação de 27,8%.

Menores depreciações
Entre os carros analisados, o Toyota Hilux foi o único modelo que apresentou valorização. Apesar de pequena, o preço do automóvel cresceu 0,55% após sair da concessionária.

Uma das explicações para esse comportamento é a possibilidade de o veículo ter sofrido uma forte alta, além da variação do câmbio e do bom posicionamento da marca no mercado.

Atrás da Hilux, aparece com menor depreciação o Peugeot 3008 SUV, com variação negativa de 1,49%.

A montadora alemã Volkswagen contou com a dobradinha do Golf e Fox, que perderam 3,41% e 3,65% do valor, respectivamente.

Veja a tabela:

Últimas notícias