Setor de locação abandona IGP-M no reajuste do aluguel

Proprietários e inquilinos têm, em comum acordo, optado por substituir o indexador, que tem ficado muito acima de outros

atualizado 13/04/2021 12:17

O mercado de locação vem procurando suas próprias fórmulas para substituir o IGP-M no reajuste do aluguel.

Para os contratos com vencimento neste mês de abril, o reajuste por esse indexador seria de 31,1%, nível fora de propósito para uma realidade de queda de renda e crise financeira por que o país atravessa.

Leia mais em DCI, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias