Saiba o que é o circuit breaker e veja quando foi acionado

A medida é tomada somente em momentos atípicos de mercado, como de forte queda de preços, baseada na oscilação do Ibovespa

atualizado 09/03/2020 12:05

Com o avanço do novo coronavírus e a crise no barril do petróleo, a Bolsa de Valores brasileira abriu esta segunda-feira (09/03) com uma queda acentuada superior a 10% e precisou acionar o circuit breaker. Com essa medida, as negociações na bolsa são interrompidas temporariamente e não é possível realizar compras ou vendas de ativos.

“É uma forma de o próprio mercado trazer um equilíbrio para as posições de compra e venda, além de reduzir e proteger o mercado de volatilidade”, explica o economista Ciro de Almeida, sócio da G2W Investimentos.

O acionamento do circuit breaker é feito em três estágios, obedecendo a percentuais de desvalorização do Ibovespa. São eles:

  1. Quando o Ibovespa desvalorizar 10% em relação ao valor de fechamento do dia anterior, a negociação é interrompida por 30 minutos;
  2. Reabertas as negociações, caso o Ibovespa atinja oscilação negativa de 15% em relação ao valor de fechamento do dia anterior, a negociação é novamente interrompida, agora por uma hora;
  3. Reabertas as negociações, se a variação do Ibovespa tiver queda de 20% em relação ao índice de fechamento do dia anterior, é realizado a suspensão determinada pela B3.

Para as próximas horas, o mercado espera uma forte volatilidade, que deve perdurar ainda ao longo de toda a semana. “A gente continua com bastante cautela, vendo o mercado com prudência. Existe uma expectativa de alguma ação da Rússia e mesmo de um posicionamento dos Estados Unidos“, complementa Ciro.

Histórico
O último circuit breaker foi acionado em 18 de maio de 2017, no chamado “Joesley Day“, quando foi revelado um áudio envolvendo o ex-presidente Michel Temer (MDB) e o executivo da JBS Joesley Batista. Na ocasião, a bolsa brasileira fechou o dia com uma oscilação negativa de 8,8% na pontuação.

Antes disso, o Ibovespa teve uma série de paralisações em 2008, ano da crise do subprime nos Estados Unidos, que disseminou pelo restante do mundo.

Em outubro de 2008, o pregão chegou a ser interrompido por quatro vezes durante meia hora e por uma vez durante uma hora.

As vezes seguintes que o circuit breaker foi acionado ocorreram na década de 1990. Em 14 de janeiro de 1999; na crise da Rússia, em 1998; e 1997, quando as negociações foram interrompidas por mais de duas vezes no ano.

Últimas notícias