Prévia do PIB tem alta de 0,69% em novembro após quatro meses de queda

Em relação a novembro de 2020, crescimento foi de 0,43%. Os dados são do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br)

atualizado 17/01/2022 10:10

Michael Melo/Metrópoles

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do país, registrou crescimento de 0,69% em novembro de 2021.

A alta ocorre após quatro meses seguidos de queda no indicador. Em relação a novembro de 2020, o aumento foi de 0,43%.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (17/1) pelo Banco Central (BC).

Entre janeiro e novembro do ano passado, o indicador registrou alta de 4,59%. Já no acumulado dos últimos 12 meses, houve variação de 4,3%.

0

O IBC-Br tem como objetivo mensurar a evolução da atividade econômica do país e contribuir para a elaboração de estratégia de política monetária pelo BC.

A taxa de crescimento do IBC-Br é frequentemente comparada à do PIB. Embora a comparação seja natural, há diferenças conceituais e metodológicas entre os dois.

O mercado financeiro acredita que o PIB irá fechar 2021 em 4,51%.

Mais lidas
Últimas notícias