Petrobras sobe preços de gasolina (6,3%), diesel (3,7%) e gás (5,9%)

Novos valores entrarão em vigor nesta terça-feira (6/7). Empresa aponta "volatilidade" no mercado internacional

atualizado 05/07/2021 14:15

Preços em posto de combustível Jarjour, na 210 SulHugo Barreto/Metrópoles

A Petrobras informou, nesta segunda-feira (5/7), que irá aumentar os preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha vendidos às refinarias em 6,3%, 3,7% e 5,9%, respectivamente. Os novos valores entram em vigor nesta terça-feira (6/7).

Os preços médios de venda de gasolina e diesel da Petrobras para as distribuidoras passarão a ser de R$ 2,69 e R$ 2,81 por litro, refletindo reajustes médios de R$ 0,16 e R$ 0,10 por litro. Já o valor médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP) da Petrobras para as distribuidoras passará a ser de R$ 3,60 por kg, o equivalente a alta de R$ 0,20.

A Petrobras reforçou, em nota, que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais.

“Os preços praticados pela Petrobras seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. O alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras.”

0

Últimas notícias