Onyx sobre auxílio emergencial: “É claro que demoramos a pagar”

Segundo o ministro, essa demora, porém, deve ser relativizada. Ele disse que o pagamento começará a ser feito até quinta-feira

atualizado 07/04/2020 15:49

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), afirmou nesta terça-feira (07/04) que o auxílio emergencial de R$ 600 pago a autônomos e pessoas sem renda fixa será pago até a quinta-feira (09/04). A expectativa, reforçada pelo próprio ministro, era de que o pagamento começasse nesta terça-feira (06/04).

“É claro que nós demoramos um pouco e esse pouco é relativo. Ele [auxilio] foi sancionado na quinta; publicado na sexta e hoje a gente já conseguiu estruturar esse pagamento”, declarou Onyx.

De acordo com informações da Caixa, até o momento, 10 milhões de cadastros foram finalizados. “Teremos entre 15 e 20 milhões de cadastros finalizados ainda hoje”, disse o presidente Pedro Guimarães.

O auxílio assistencial disponibilizado aos brasileiros que se enquadram nos requisitos impostos pelo governo vai totalizar R$ 98,19 bilhões e será pago em três parcelas. Ele será dividido da seguinte forma: R$ 600 para autônomos e sem renda fixa e R$ 1,2 mil para mães chefes de família.

Requisitos para receber o auxílio:

  • Ser maior de 18 anos
  • Não ter emprego formal ativo
  • Não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial ou de seguro-desemprego
  • Não ser beneficiário de programa de transferência de renda, com exceção ao Bolsa Família
  • Ter renda família per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos
  • Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de 28,5 mil
  • Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser trabalhador informal

CadÚnico
Os cidadãos inscritos no Cadastro Único até 20 do mês passado, que cumpram as exigências, e tenham conta na Caixa receberão o crédito de forma automática. No caso dos que não possuem vínculo com o banco, o benefício será depositado na Poupança Social Digital da Caixa.

Para sacar os valores nesse último caso, os beneficiários poderão comparecer aos canais de autoatendimento e retirar a quantia.

A primeira parcela será disponibilizada 48h após a aprovação do cadastro. A segunda, será paga entre 27 e 30 de abril. E, a última, entre 26 e 29 de maio.

Não estou no CadÚnico. E agora?
Os cidadãos que se enquadram na lei, mas estão fora do Cadastro Único devem registrar a autodeclaração, a partir desta terça, no site auxílio.caixa.gov.br ou no aplicativo da Caixa.

Eles receberão o benéfico em qualquer instituição financeira indicada no momento do cadastro ou no crédito da Poupança Social Digital da Caixa, aberta automaticamente no nome do beneficiário.

  • Parcela 1: Início dos créditos em 14 de abril
  • Parcela 2: Entre 27 e 30 de abril
  • Parcela 3: Entre 26 e 29 de maio

Últimas notícias