Oi vende rede de fibra óptica para BTG em acordo de R$ 12,9 bilhões

Caso nenhuma outra empresa se mostre interessada, a BTG leva a companhia e deterá  57,9% do capital social votante da empresa

atualizado 12/04/2021 16:28

Divulgação

A Oi anunciou nesta segunda-feira (12/4) que aceitou uma proposta de compra da BTG pela InfraCo, sua rede de fibra óptica, com 400 mil quilômetros de extensão. A operação está dividida em várias fases e chega a R$ 12,9 bilhões.

A 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio deve marcar a data do leilão em breve da rede, mas se nenhuma outra empresa se mostrar interessada, a BTG leva a companhia e deterá  57,9% do capital social votante da empresa.

Como a Oi está em recuperação judicial, a empresa vendeu no ano passado a sua operação de telefonia móvel para as antigas rivais: Claro, Vivo e Tim.

O valor arrecadado com a venda foi de R$ 16,5 bilhões, mas o negócio ainda aguarda a confirmação do governo. A expectativa da empresa é finalizar de todos os seus ativos até o fim deste ano.

0

Segundo especialistas, a proposta da BTG veio acima do esperado. Parte do mercado aposta em 51% do capital e, de acordo com comunicado divulgado pela Oi, A InfraCo foi avaliada pela empresa em R$ 20 bilhões.

O acordo entre as empresas ainda envolve o pagamento de uma dívida líquida de R$ 4,107 bilhões que a rede de fibra óptica tem.

Além disso, também foi combinado no acordo um pagamento de R$ 1,6 bilhão, referente à parcela primária adicional, que leva o total adquirido a 54,8% do capital social votante da InfraCo.

Últimas notícias