“Nova Previdência será justa para todos”, diz Bolsonaro na TV

Presidente afirmou que, com o objetivo de mudar o rumo do país, o governo apresentou um pacote anticrimes e o novo modelo de aposentadoria

Rafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 20/02/2019 20:49

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), se manifestou sobre a nova reforma da Previdência, apresentada nesta quarta-feira (20/2), no Congresso Nacional. Bolsonaro afirmou que a proposta “é fundamental para equilibrarmos as contas do país”. O texto será analisado pelos congressistas e ainda pode sofrer alterações.

“Estamos determinados a mudar o rumo do nosso país. Nossos objetivos são claros: resgatar a nossa segurança, fazer a economia crescer novamente e servir a quem realmente manda no país: a população brasileira”, afirmou o presidente. Ele ainda continuou: “Estou convicto que nós temos um pacto pelo país e que, juntos, cada um com sua parcela de contribuição, mudaremos nossa história”.

Confira a íntegra da nova Previdência:

Nova Previdência by on Scribd

Bolsonaro ainda afirmou que a nova Previdência será “justa e para todos, sem privilégios”. Segundo o presidente, o projeto é destinado a “ricos e pobres, servidores públicos, políticos ou trabalhadores privados”. “Quem ganha mais contribuirá mais, quem ganha menos, com menos ainda”, pontou.

O presidente comunicou que o texto foi encaminhado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), “para um amplo debate social”. “Nós sabemos que a nova Previdência exigirá um pouco mais de cada um de nós. Porém, é para uma causa em comum: o futuro do nosso Brasil e das próximas gerações”.

No Twitter, Bolsonaro disse que “nenhuma proposta de reforma foi tão firme contra privilégios”. Ele ainda voltou a afirmar que “quem ganha menos, paga menos”.

Últimas notícias