*
 

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou outubro com alta de 0,42% ante um avanço de 0,16% em setembro, informou nesta sexta-feira (10/11), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou perto do piso do intervalo das estimativas dos analistas que previam uma alta entre 0,40% e 0,55%, com mediana positiva de 0,48%.

No entanto, a taxa acumulada no ano de 2017, de 2,21%, é a mais baixa para o período de janeiro a outubro desde 1998, quando ficou em 1,44%. Em outubro do ano passado, o IPCA tinha ficado em 0,26%.

O resultado de outubro fez a taxa acumulada em 12 meses subir de 2,54% em setembro para 2,70%.

Pelo sexto mês consecutivo, o grupo dos alimentos apresentou queda (-0,05%), porém bem menos intensa do que a registrada em setembro (-0,41%).

No Distrito Federal, o índice do mês ficou acima da média nacional: 0,48%

 

 

 

COMENTE

inflaçãoeconomia
comunicar erro à redação