metropoles.com

Indústria da construção: CNI aponta maior aumento de empregados desde 2012

Índice de evolução do número de funcionários foi de 50,1 pontos em setembro, segundo pesquisa publicada nesta quarta-feira (28/10)

atualizado

Compartilhar notícia

Élcio Paraíso/CNI
Funcionário trabalhando em fácrica
1 de 1 Funcionário trabalhando em fácrica - Foto: Élcio Paraíso/CNI

O índice de evolução do número de empregados na indústria da construção cresceu pela quarta vez seguida e alcançou 50,1 pontos em setembro, o maior resultado desde abril de 2012. Os dados da Sondagem Indústria da Construção foram divulgados nesta quarta-feira (28/10) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Em agosto, o indicador foi de 49,5 pontos e, em abril, de 34,7 pontos. Os índices variam de 0 a 100. Valores acima dos 50 pontos refletem crescimento do nível de atividade e do emprego. Quanto mais distante da linha divisória de 50 pontos, mais forte e mais disseminado é esse crescimento.

A alta registrada no índice de evolução do número de empregados, contudo, veio precedida por fortes quedas observadas em março e abril, durante a crise econômica causada pela pandemia de Covid-19. A situação levou o emprego a um patamar muito baixo. Apesar disso, a CNI vê a pontuação com bons olhos.

“Se olharmos a série histórica, vamos ver que faz muito tempo que o índice de evolução do emprego não cruza a linha divisória de 50 pontos como ocorreu no mês de setembro. Esse é um dado importante”, explica o gerente de análise econômica da CNI, Marcelo Azevedo. A pesquisa foi feita entre 1º e 14 de outubro.

0

O índice de evolução do nível de atividade, por sua vez, está em 51,2 pontos, queda de 0,2 ponto em relação a agosto. O índice está acima da linha divisória de 50 pontos pelo segundo mês consecutivo, o que indica aumento do nível de atividade da indústria da construção na comparação com agosto.

Outros índices

A Utilização da Capacidade Operacional (UCO), que mede a relação do nível de produção com a demanda do mercado, cresceu em setembro pelo quinto mês consecutivo ao apresentar alta de dois pontos percentuais frente a agosto e atingindo 62%. O percentual é idêntico ao registrado em setembro de 2019, e supera os percentuais registrados entre os anos de 2015 a 2018.

Já o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-Construção) se manteve estável entre setembro e outubro, em 56,7 pontos. “A estabilidade ocorre após cinco altas seguidas, se dá em patamar elevado e aponta para um sentimento de confiança otimista e disseminado entre os empresários”, explicou a CNI, em nota.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações