Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 para 2022

Hoje, o piso nacional está em R$ 1,1 mil. O reajuste, no entanto, apenas recompõe a previsão da inflação medida pelo INPC para 2021

atualizado 16/04/2021 10:12

Dinheiro moedaHugo Barreto/Metrópoles

O governo federal propôs salário mínimo de R$ 1.147 para o próximo ano. A informação consta no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) 2022, divulgado nessa quinta-feira (15/4) pelo Ministério da Economia.

O valor equivale a um aumento nominal de R$ 47, o equivalente a 4,3%. Hoje, o piso nacional está em R$ 1,1 mil.

Na prática, o novo salário mínimo, se mantido, vai apenas repor a inflação prevista para 2021. Isso significa que o brasileiro, mais uma vez, não terá ganho real com a mudança no piso.

0

O governo federal prevê que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC) encerrará 2021 em 4,27%.

Para 2023, o Ministério da Economia projeta que o salário mínimo será de R$ 1.188. O piso deverá subir para R$ 1.229 em 2024. Todos esses valores, inclusive a proposta para 2022, podem ser alteradas ao longo do ano.

O INPC, que mede a inflação especificamente para famílias que ganham entre um e cinco salários mínimos, é divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Neste ano, o salário mínimo subiu de R$ 1.045 para R$ 1,1 mil – o equivalente a 5,26%. O reajuste ficou abaixo do INPC de 2020, que foi de 5,45%. O secretário da Fazenda, Waldery Rodrigues, considerou a possibilidade de repor a diferença em 2022.

Últimas notícias