Sem aumento real, governo estima salário mínimo de R$ 1.040 em 2020

Previsão consta no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) divulgado nesta segunda-feira (15/04/19) pelo Ministério da Economia

MICHAEL MELO/METRÓPOLESMICHAEL MELO/METRÓPOLES

atualizado 15/04/2019 19:53

O Ministério da Economia estimou salário mínimo em R$ 1.040 para 2020, de acordo com o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) divulgado nesta segunda-feira (15/04/19). Atualmente, a renda mínima oferecida aos brasileiros é de R$ 998.

De acordo com o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, o parâmetro para o salário mínimo leva em conta apenas o reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidos (INPC) acumulado e não foi incluído nenhum tipo de ganho real. Segundo ele, porém, o valor é apenas um parâmetro considerado pelo governo no PLDO e não reflete o reajuste que será aplicado de fato.

Existe atualmente, no governo, uma discussão a respeito do reajuste do salário mínimo. Pela regra válida até este ano, o salário mínimo era reajustado pelo INPC do ano anterior mais o produto interno bruno (PIB) de dois anos antes.

No relatório bimestral de março, a equipe econômica havia previsto que o índice que reajusta o piso nacional deve ficar em 4,2% neste ano, o que resultaria num valor próximo a R$ 1.040. Pela regra antiga, a quantia poderia ficar em R$ 1.051.

Para 2021, o mínimo previsto no PLDO é de R$ 1.082. Para 2022, a estimativa é de R$ 1.123.

Veja a íntegra do projeto:

Apresentação PLDO by Metropoles on Scribd

Últimas notícias