metropoles.com

Franquias crescem 18% no 3º tri e faturam R$ 56 bilhões

Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, antes da pandemia de Covid-19, o setor de franquias registrou expansão de 19,2%

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
Evento Home Taste – Central de Vendas e decorados Emplavi Noroeste
1 de 1 Evento Home Taste – Central de Vendas e decorados Emplavi Noroeste - Foto: Divulgação

Os resultados das franquias no Brasil no terceiro trimestre deste ano mostram a resiliência do segmento, em franca recuperação após a fase mais crítica da pandemia de Covid-19.

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com a BR Insights, o crescimento das franquias entre julho e setembro de 2022 foi de 18,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

No período, o faturamento do setor saltou de R$ 47,3 bilhões para R$ 56,2 bilhões.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, antes da pandemia de Covid-19, o setor de franquias registrou expansão de 19,2%. Em relação ao mesmo período de 2020, o crescimento foi ainda maior: 28%.

A retomada do funcionamento normal do comércio, além de uma demanda reprimida dos consumidores, são alguns dos motivos que explicam o bom desempenho do setor. A melhora dos indicadores econômicos, com a desaceleração da inflação e a queda do desemprego, também contribuíram, segundo a ABF.

“A retomada da atividade econômica e o retorno mais consistente dos consumidores às compras foram essenciais”, afirma o presidente da ABF, André Friedheim.

Segundo ele, o franchising conta também com a força de marcas de referência para o consumidor brasileiro, “nas quais ele deposita total confiança”. “O setor de franquias aprendeu muito na pandemia e estamos vendo os resultados de modo mais evidente agora”, completa Friedheim.

O estudo da ABF mostra que, nos últimos 12 meses, o mercado de franquias cresceu 12%. Já entre janeiro e setembro, a alta foi de 15%.

A projeção da entidade é que a receita do segmento em 2022 ultrapasse os R$ 200 bilhões.

Hotelaria e turismo à frente

Assim como havia acontecido no terceiro trimestre de 2021, o setor de hotelaria e turismo registrou o maior avanço entre julho e setembro de 2022. A alta foi de 53,8% no período, na base de comparação anual. Para a ABF, a retomada das viagens e dos grandes eventos presenciais beneficiou esse ramo de atividade.

O segmento de alimentação teve o segundo melhor desempenho, com crescimento de 31% no período. Em terceiro lugar, aparecem saúde, beleza e bem-estar, cuja receita aumentou 27,8% entre julho e setembro.

Educação vem a seguir, com alta de 22,9% no terceiro trimestre, à frente de entretenimento e lazer (+17,3%).

“Com exceção dos serviços automotivos [que tiveram queda de 6,2%], todos os segmentos apresentaram desempenho positivo, mesmo aqueles mais afetados pela pandemia e ainda em recuperação”, afirmou Friedheim.

Por regiões

A pesquisa da ABF aponta uma tendência de descentralização do setor de franquias na distribuição do faturamento e das unidades por regiões entre 2021 e 2022.

Pela primeira vez, Manaus lidera o ranking de crescimento no país, com avanço de 35,1% no terceiro trimestre. Cuiabá vem a seguir, com alta de 31,7%, enquanto Belo Horizonte aparece com expansão de 30,9%.

No grupo das dez cidades que tiveram o melhor desempenho no franchising, apenas três não são capitais: São José do Rio Preto, Santo André e Jundiaí, todas no estado de São Paulo.

“Além de fatores locais, essa expansão se deve ao movimento de recuperação do franchising após dois anos de pandemia”, aponta o presidente da ABF. “As redes aproveitaram os espaços vagos e melhores condições de negociação. Aquelas que estavam mais bem estruturadas conseguiram se adequar mais rapidamente ao novo cenário e retomaram de forma mais ágil seus planos de expansão.”

Ainda à frente das demais regiões do Brasil, o Sudeste teve uma pequena queda no faturamento (de 55,94% para 53,56%) e no número de unidades (54,09% para 52,21%).

A região Sul é a segunda colocada, com alta de 17,24% para 17,36% no faturamento. Na sequência, aparecem o Nordeste (que cresceu de 14,03% para 15,82%), o Centro-Oeste (recuo de 8,53% para 8,31%) e o Norte (que subiu de 4,05% para 4,36%).

A Pesquisa de Desempenho Trimestral do Franchising da ABF foi realizada entre julho e setembro de 2022 e envolveu 316 redes em todo o país.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações