Coronavírus: 1 a cada 10 diz ter perdido emprego com a pandemia

Taxa é quase o dobro (19%) em funcionários que ganhavam até um salário mínimo. Pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (01/04)

atualizado 01/04/2020 13:16

Aproximadamente um em cada dez trabalhadores brasileiros – 11% – dizem ter perdido emprego após o início da pandemia do novo coronavírus. Os dados fazem parte de uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (01/04) pelo Instituto FSB e o banco BTG Pactual.

O taxa é maior entre mulheres (15% relatam a situação), adultos entre 41 e 59 anos (13%) e pessoas com baixa escolaridade (22%).

O número quase que dobra quando se observa a renda familiar: 19% dos trabalhadores que recebiam até um salário mínimo afirmaram que perderam o emprego após o início da pandemia. Esse grupo, recentemente, foi excluído do recebimento do chamado “abono salarial”.

Os trabalhadores que responderam não ter pedido o emprego, contudo, se sentem desconfiados com a atual situação, sendo que 43% dizem ter “medo grande” ou “muito grande” de perder o trabalho.

Segundo a pesquisa, 68% afirmaram que tem algum medo de perder o emprego.

Por outro lado, 30% dos trabalhadores disseram que não tem medo algum e 2% não souberam responder.

Últimas notícias