Brasil, França e Reino Unido puxam inflação entre maiores economias do mundo

Em agosto, a taxa de inflação no Reino Unido subiu 0,9 ponto percentual. Já no Brasil e na França, a alta foi de 0,7 ponto percentual

atualizado 05/10/2021 12:56

iStock/ Foto Ilustrativa

Brasil, Reino Unido e França puxaram a disparada da inflação em agosto entre as maiores economias do mundo, de acordo com um levantamento publicado nesta terça-feira (5/10) pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

De julho para agosto, a taxa de inflação no Reino Unido subiu 0,9 ponto percentual. Já no Brasil e na França, a alta foi de 0,7 ponto percentual.

A inflação acumulada em 12 meses no Brasil passou de 9% para 9,7% no período. Na França, houve aumento de 1,2% para 1,9%. Já no Reino Unido, a taxa avançou de 2,1% para 3%.

Entre os itens que mais têm puxado a inflação, estão a energia, com taxa anual de 18% em agosto na área da OCDE, a maior elevação desde setembro de 2008; e os alimentos, que saltaram 3,6%, ante 3,1% em julho.

Outros países

A inflação anual também ficou mais alta na África do Sul (de 4,7% em julho para 5,1% em agosto), Rússia (de 6,5% para 6,7%) e Indonésia (de 1,5% para 1,6%). E registrou recuo em países como Estados Unidos (de 5,4% para 5,3%), Japão (de -0,3% para -0,4%), Índia (5,3% para 4,8%) e China (1% para 0,8%).

Últimas notícias