Banco do Brasil zera tarifa sobre limite do cheque especial

Decisão foi anunciada nesta segunda-feira. Banco Central permitiu cobrança de até 0,25% ao mês

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 23/12/2019 19:36

O Banco do Brasil (BB) decidiu, nesta segunda-feira (23/12/2019), que vai isentar a cobrança de tarifas para todos os clientes com limite no cheque especial.

No final do mês passado, o Banco Central estabeleceu limite máximo de 8% ao mês de taxa de juros no cheque especial.

A autarquia permitiu ainda que os bancos cobrem tarifa de até 0,25% ao mês para os usuários com limites de crédito acima de R$ 500.

Com a medida anunciada nesta segunda, portanto, os clientes do BB vão ficar isentos dessa taxa de 0,25% ao mês sobre o limite do cheque especial.

A estatal informou que a isenção vai valer ao longo do próximo ano.

A resolução do Banco Central permite a cobrança a partir de 6 de janeiro.

Em nota enviada à imprensa, o BB informou que, com a medida, espera fortalecer o relacionamento com os clientes e aprimorar a experiência na utilização dos produtos e serviços.

“A medida demonstra que buscamos cada vez mais aliar a oferta de produtos e serviços de qualidade, com a definição de preços e taxas ainda mais competitivos”, afirmou Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil.

Últimas notícias