Após gasolina chegar a R$ 4,99 no DF, Petrobras anuncia queda no preço

Empresa já tinha anunciado corte de 2% na última semana. Agora, vai reduzir o mesmo percentual a partir desta terça (23/10) nas refinarias

atualizado 22/10/2018 12:31

Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Petrobras anunciou corte de 2% no preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta terça-feira (23/10), para R$ 2,0639.

Na última sexta-feira (19), a empresa já tinha anunciado igual percentual de corte, valendo desde o sábado (20)

Além disso, a estatal manteve sem alteração o preço do diesel, em R$ 2,3606, conforme tabela disponível nesta segunda-feira na página da empresa na internet.

No dia 6 de setembro, a diretoria da companhia petrolífera anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, teria a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar.

Para os brasilienses, o preço da gasolina tem se mantido em alta, mesmo com a queda no preço da venda da Petrobras às distribuidoras.

Em alguns postos chega a R$ 4,99. A alegação apresentada pelo Sindicombustíveis-DF, a alta nas bombas deve-se ao repasse feito pelas distribuidoras do aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos postos.

Cada dono de posto tem autonomia para definir se repassa esse aumento.

 

Últimas notícias