Criador da Festa da Fantasia em Goiânia, empresário é encontrado morto

Lelê Junqueira tinha 50 anos e era conhecido por ser sócio de casas noturnas na capital goiana. Amigos lamentaram a morte nas redes sociais

atualizado 12/01/2022 11:46

Lelê JunqueiraLelê Junqueira, antes de voo de helicópteroReprodução: Facebook

Goiânia – Conhecido por ser o criador da tradicional Festa da Fantasia e sócio de casas noturnas na capital goiana, um empresário de 50 anos foi encontrado morto, em seu apartamento, na noite de terça-feira (11/1), em bairro nobre na mesma cidade.

Informações preliminares apontam que Alessandro Junqueira, popularmente chamado de Lelê, pode ter sofrido tromboembolismo pulmonar após uma virose, diagnosticada na semana passada..

No entanto, familiares não divulgaram, oficialmente, a causa da morte do empresário, que deixa um casal de filhos: Lanna, de 19, e Yan, de 17.

0

Despedida

O velório deve ser realizado na tarde desta quarta-feira (12/1) no Cemitério Parque Memorial de Goiânia, na região sul da capital. A despedida deve começar por volta das 13h, e o sepultamento está programado para as 16h no mesmo local. As cerimônias serão restritas à família.

O corpo foi removido por uma equipe do Serviço de Verificação de Óbito (SVO) e liberado por um médico da família.

Nascido em Goiânia, Lelê começou ainda jovem a produzir festas e realizar shows. Rapidamente, investiu na sua aptidão e, também, tornou-se sócios de casas noturnas da capital goiana.

Tornou-se sócio de vários empreendimentos. Mas a sua grande marca, com certeza, foi a criação da Festa da Fantasia. O evento, que atraía público do Brasil todo para a capital goiana, chegaria, em 2020, à 25ª edição mas foi cancelado em função da pandemia. Depois disso, não houve condições sanitárias para nova realização.

“Difícil de acreditar”

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte do empresário. “Meus Sentimentos! Difícil de acreditar!” escreveu um internauta.

“Viveu intensamente, rodeado de amigos, de festas, de amores”, disse uma amiga. “Você será sempre lembrado com muita alegria”, disse outro amigo.

Outra amiga destacou que Lelê tinha “coração bom”. “O que me consola é saber que vc viveu como quis: fez de sua vida uma grande festa! Lelê, continue a brilhar onde estiver e faça desse lugar o que sabe fazer de melhor: uma grande e eterna festa!”, ressaltou.

Mais lidas
Últimas notícias