Corpos dos escaladores brasileiros são encontrados na Patagônia

Eles estavam desaparecidos desde o dia 18 de janeiro. A hipótese é que tenham sido pegos por uma tempestade

atualizado 28/01/2019 15:33

Reprodução

Os corpos do escalador Leandro Ianotta e do amigo dele, o alpinista Fabrício Amaral, que estavam desaparecidos na Patagônia, foram encontrados na última sexta-feira (25/1). Segundo nota de pesar da Prefeitura de Conceição do Mato de Dentro, os esportistas foram localizados no monte La Silla, que antecede a subida do pico Fitz Roy, na Argentina.

Os dois homens foram dados como desaparecidos no dia 18 de janeiro, data em que deveriam ter retornado de uma escalada no Parque Nacional Los Glaciares, na Patagônia argentina.

Leandro Ianotta, também conhecido como “Mr. Bean”, pela semelhança com o humorista britânico, era um escalador experiente. Ele trabalhava como guia de escalada na Cachoeira do Tabuleiro desde 2013 e já havia ministrado cursos e treinamentos no local. Mr. Bean era considerado autoridade máxima no assunto.

Mr. Bean chegou a publicar na rede social Facebook uma foto com o trecho que seria escalado. A hipótese é a de que os dois homens foram pegos por uma tempestade durante o trajeto.

Últimas notícias