“Cômico se não fosse trágico”, diz jovem picada na boca por lacraia

Nataly Galdino disse que está se divertindo com a repercussão do caso e alertou sobre perigo do animal nos stories do Instagram

atualizado 14/10/2021 14:03

Nataly Galgino foi picada por lacraia e teve reaçõesReprodução

São Paulo – A estudante de Comércio Exterior Nataly Galdino, 21 anos, picada na boca por uma lacraia enquanto dormia em São Vicente, litoral de São Paulo, disse, nos stories do Instagram, que está se divertindo com a repercussão do caso, devido aos memes que surgiram com a situação. No sábado (11/10), a jovem ficou com a boca muito inchada e brincou que estava com os “lábios de Angelina Jolie”.

Na sequência de vídeos, Nataly demonstrou que não esperava que o caso viralizasse tanto. “Confesso que estou adorando a repercussão que deu na história da lacraia que picou a minha boca. Está em todas as manchetes da minha região, passando na TV e tudo. Está vindo muita gente vindo me perguntar como estou. Confesso que seria só cômico se não fosse trágico. Dói, dói muito, ainda mais em um lugar tão sensível quanto a boca”, disse a estudante.

0

No Twitter, um usuário brincou que, com o caso, meninas vão procurar lacraias para aumentar os lábios. “Ah pronto, o que vai ter de menina colocando lacraia na boca pra ficar com os beiços da Kylie Jenner [modelo americana]…”, falou.

Nataly deixou claro que não se incomoda com as brincadeiras. “Estou bem e sou da zoeira, estou amando os memes que estão fazendo comigo, falando da minha boca, que beijei o sapo, que beijei todo mundo, estou adorando. Não ligo”, declarou.

Apesar das brincadeiras em torno do episódio, a estudante ressaltou a importância de cuidados necessários para evitar a proliferação de bichos peçonhentos, como lacraias, em casa. O Ministério da Saúde recomenda a limpeza constante de locais úmidos, por onde o animal costuma se instalar.

“Fica aí para vocês como alerta, só ter atenção aos ralos, lugares úmidos na sua casa, como está tendo muita chuva nesse período, é o tempo que elas mais aparecem. Quem tem bebê e criança, tomem cuidado, porque é uma dor de cabeça desnecessária por coisa besta”, alertou.

Últimas notícias