Com Parkinson, José Serra vai tirar licença do Senado por 4 meses

Doença encontra-se em estágio inicial. O primeiro suplente José Aníbal (PSDB-SP) assume vaga de senador em seu lugar neste período

atualizado 10/08/2021 18:10

policia pf faz busca na gabinete do senador jose serraDaniel Ferreira/Metrópoles

O senador José Serra (PSDB-SP), de 79 anos, vai se licenciar do cargo pelos próximos quatro meses para tratamento da doença de Parkinson. O primeiro suplente José Aníbal (PSDB-SP) assume em seu lugar neste período.

Segundo a assessoria do tucano, após avaliações neurológicas, na última semana, Serra foi diagnosticado com doença de Parkinson em estágio inicial, o que requer um período de adaptação à medicação, que também vai tratar do seu distúrbio do sono.

“O parlamentar encontra-se em bom estado de saúde, mas optou pelo afastamento para que seu suplente, José Aníbal, possa assumir, sem deixar a cadeira de senador por São Paulo em vacância durante o período do tratamento experimental”, diz o comunicado.

0

Em julho passado, o tucano havia sido submetido a um cateterismo e a colocação de um stent em uma das artérias do coração. Ele também foi diagnosticado com a Covid-19, mas já se recuperou.

Esta é a segunda vez que Serra exercer o mandato de senador. Antes, ele foi ministro das Relações Exteriores, da Saúde e do Planejamento, governador de São Paulo, prefeito de São Paulo e deputado federal.

Mais lidas
Últimas notícias