Casal gay ameaçado de morte após anunciar união tem loja furtada em GO

Ladrões levaram R$ 55 mil em produtos. Roubo ocorreu na madrugada dessa quinta-feira, em Anápolis. Casal recebeu ameaças de morte em maio

atualizado 04/06/2021 17:08

Saulo e Rafael, casal homoafetivo de Anápolis (GO), que recebeu ameaças de morte depois que anunciou a realização do casamentoArquivo Pessoal

Goiânia – Ladrões levaram mais de R$ 55 mil em mercadorias da loja de produtos importados do casal de empresários Saulo Rodrigues Lopes, de 37 anos, e Rafael Ferreira Luiz, 27, em Anápolis (GO). O casal é o mesmo que foi alvo de ameaças de morte em maio deste ano, depois de anunciar a oficialização da união e o casamento homoafetivo.

A ação do furto aconteceu na madrugada dessa quinta-feira (3/6). Os ladrões fizeram um buraco na parede lateral da loja, entraram e levaram, praticamente, todos os produtos que estavam no local: 11 celulares novos, cinco usados, 12 relógios digitais, 14 fones de ouvido, 15 perfumes importados, caixinhas de som e mais de R$ 20 mil em roupas.

“Estamos sem nada. Não sabemos como recomeçar. Levaram tudo”, diz Saulo. Pelas imagens de câmeras de segurança, segundo ele, é possível ver que os ladrões chegaram à loja de carro, por volta de 1h16, e saíram às 3h37, ou seja, eles ficaram mais de 2h no interior da loja.

A Polícia Civil está investigando o caso, assim como as ameaças e as investidas contra o casal, desde o primeiro registro de ocorrência. Os dois empresários trabalham, também, como digital influencers. Durante uma live feita no dia 7/5, apareceu um perfil comentando e proferindo as seguintes ameaças: “Vocês vai (sic) morrer” e “Não adianta fazer live vai (sic) morrer”.

Antes disso, eles já tinham recebido mensagens ameaçadoras e homofóbicas no Instagram.

Veja:

Sucessão de crimes contra o casal

Saulo e Rafael anunciaram o casamento no final de abril. Eles publicaram fotos juntos no Instagram e, desde então, vêm sendo alvos de ações criminosas, além das ameaças. Uma pessoa chegou a ir até a loja deles, pessoalmente, para tentar intimidá-los e a casa deles foi arrombada, logo após o registro da ocorrência.

“Fora as primeiras ameaças, tiveram outras. Eles arrombaram a nossa casa. Desligaram o relógio, pularam a cerca, entraram na nossa casa e levaram a chave da porta do nosso quarto. Não levaram nada, além disso. Só a chave da porta do quarto e abriram as janelas, e agora aconteceu esse fato de roubo na nossa loja”, conta Saulo.

O casamento segue agendado para o dia 18/7, mas com o roubo de todas as mercadorias da loja – “deixaram só as capinhas (de celular), praticamente”, diz Saulo – e o prejuízo gerado, o casal já não sabe como será. “Não sabemos se vamos conseguir, porque dependemos da loja para custear algumas despesas. Nossos sonhos estão sendo destruídos”, lamenta o empresário.

0
Vaquinha

Amigos do casal estão fazendo uma vaquinha on-line para ajudá-los a recuperar a quantia perdida com o roubo das mercadorias. Até a tarde desta sexta-feira (4/6), já tinham arrecadado R$ 1,3 mil. O link da vaquinha é: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/saulo-imports.

A polícia segue investigando o caso para tentar identificar os responsáveis.

Últimas notícias