Brasil tem mais de 6 mil doenças raras catalogadas

Maior dificuldade dos pacientes é ter o diagnóstico, o que atrasa o tratamento e aumenta o sofrimento

atualizado 23/11/2020 13:08

Tão longo como o tratamento, é o tempo necessário para o diagnóstico de uma doença rara. Por terem sintomas parecidos com outras enfermidades, muitas vezes o paciente precisa passar muitas internações, exames e até mesmo especialistas para descobrir o que tem.

Atualmente, o Ministério da Saúde tem catalogada entre 6 mil e 8 mil tipos de doenças raras. Elas são inscritas no rol “oficial” quando atingem 65 pessoas para cada grupo de 100 mil habitantes. Sendo assim, algumas passam sem registro oficial.

Leia mais em O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias