Bondinho de teleférico cai durante chuva e fere um em Poços de Caldas

Funcionário fazia manutenção quando cabine se desprendeu com fortes ventos e desabou, na tarde desta quinta-feira. Ele foi internado

atualizado 05/09/2019 19:26

Reprodução/YouTube

Um bondinho do teleférico de Poços de Caldas, no sul de Minas Gerais, distante 461 km de Belo Horizonte, caiu na tarde desta quinta-feira (05/09/2019) durante uma chuva na cidade. Conforme o Corpo de Bombeiros, uma das cabines do teleférico se desprendeu de um cabo e desabou sobre o estacionamento de uma oficina automotiva. Um funcionário que faz a manutenção no local estava dentro da cabine e teria sido jogado para fora do bondinho de uma altura de cerca de 12 metros, em uma área de mata. Ele foi resgatado com ferimentos.

As informações são do G1.

Segundo o secretário de Turismo de Poços de Caldas, Ildeu Pereira, o funcionário do teleférico, identificado como Miguel Albano de Almeida Filho, de 59 anos, foi socorrido consciente e orientado. Ele foi levado para a Santa Casa da cidade com suspeita de traumas na coluna e no abdômen. Segundo o hospital, o estado de saúde dele é estável. O servidor passaria por exames para saber se seria necessário ser submetido a cirurgia.

O teleférico existe há 60 anos, tem extensão de 1,5 km e chega a 20 metros de altura. Em julho de 2017, uma peça de uma cabine do teleférico se soltou durante uma viagem e caiu no Centro da cidade. O objeto, um pedaço de vidro acrílico, quase atingiu um turista.

Durante a tarde desta quinta-feira, uma forte chuva caiu na cidade mineira. Em muitos pontos, choveu granizo.

Últimas notícias