metropoles.com

Bombeiros estimam entre 30 e 50 desaparecidos após deslizamentos no PR

Clima está desfavorável porque chuvas continuam e há risco de mais deslizamentos. Seis carretas e 10 carros foram soterrados em Guaratuba

atualizado

Compartilhar notícia

Secretaria de Segurança Pública do Paraná
Cenário em rodovia após deslizamento de terra na cidade de Guaratuba, Paraná. O acidente de grandes proporções deixou um imenso rastro de lama em encosta com caminhões e carros derrapados em meio à chuva - Metrópoles
1 de 1 Cenário em rodovia após deslizamento de terra na cidade de Guaratuba, Paraná. O acidente de grandes proporções deixou um imenso rastro de lama em encosta com caminhões e carros derrapados em meio à chuva - Metrópoles - Foto: Secretaria de Segurança Pública do Paraná

O Corpo de Bombeiros trabalha com a estimativa de que 30 a 50 pessoas foram soterradas no grave deslizamento de terra que ocorreu na rodovia BR-376 em Guaratuba, no Paraná, na noite da última segunda-feira (28/11).

A avaliação foi divulgada pelo comandante dos Bombeiros, coronel Manoel Vasco, em coletiva no Centro de Operações da Secretaria de Segurança Pública, em Curitiba (PR), nesta quarta-feira (30/11).

0

“Estamos trabalhando com a hipótese de ter entre 30 e 50 pessoas. Essa é a maior dificuldade, saber quantas pessoas estavam no interior dos veículos”, afirmou o oficial.

Por causa das fortes chuvas que continuam atingindo a região, tanto o resgate das vítimas quanto a limpeza e remoção dos veículos estão sendo dificultadas. Dois corpos foram localizados até o momento. A retirada do segundo corpo, que estava dentro de uma carreta, ocorreu nesta quarta.

16 veículos

Até o número de veículos soterrados é incerto. De acordo com o cálculo mais recente dos Bombeiros, são seis carretas e 10 carros de passeio. A maior dificuldade é acessar os veículos que foram arrastados para fora da pista, por uma ribanceira.

Os veículos estavam parados em uma fila, quando houve o deslizamento gigantesco que atingiu as quatro pistas da rodovia, sendo duas indo e duas voltando.

Vasco explicou que o primeiro corpo encontrado estava fora dos veículos. Então existe a possibilidade que as pessoas saíram dos carros e das carretas no momento do deslizamento.

Drone nas buscas

Na quarta-feira, as equipes envolvidas no resgate utilizaram um drone com câmera térmica para tentar localizar vítimas, mas nada foi encontrado até agora. O problema é que esse equipamento só pode ser utilizado nos poucos momentos em que a chuva dá trégua.

Há risco de novos deslizamentos sobre a pista. Por isso, não existe previsão de liberação de uma via para o trânsito. Também não há como prever quando ocorrerá a remoção de veículos grandes que estão soterrados na ribanceira, pois, para essa ação, seria necessário o uso de guinchos pesados, o que é perigoso.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná, além do deslizamento mais grave de Guaratuba, há outros 10 pontos no estado.

Logística

O deslizamento de Guaratuba interrompe um importante acesso para o litoral do Paraná. Devido a isso, as autoridades estão articulando operações para que não ocorra desabastecimento de comida, remédios e gasolina.

As Centrais de Abastecimento (Ceasa), por exemplo, estão sendo escoltadas por equipes da PRF para não faltar comida. “Nós não corremos o risco de ter desabastecimento, pode atrasar um pouquinho”, disse o coronel Fernando, dos Bombeiros.

Chuva castiga outros estados

Além do Paraná, fortes chuvas causaram estragos em Sergipe e no Espírito Santo, onde crateras foram abertas e ao menos uma pessoa morreu.

Na Bahia, a chuva deixou municípios debaixo d’água e muitos carros ilhados.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações