Chuvas fortes fazem governo do Paraná decretar situação de emergência

Chuvas intensas atingem o estado desde sexta (25/11). Norma engloba região da BR-673, local do deslizamento que deixou ao menos 2 mortos

atualizado 30/11/2022 10:42

Reprodução/Defesa Civil do PR

O governo do Paraná decretou situação de emergência na região leste do estado, que compreende a região de Curitiba e litoral, por causa das fortes chuvas. A medida engloba a BR-673, em Guaratuba, onde foi registrado um deslizamento de terra, que deixou ao menos dois mortos.

O anúncio foi feito pelo governador Ratinho Júnior (PSD) e atendeu à recomendação da Defesa Civil estadual, em razão das chuvas intensas que atingem o local desde o fim da última semana. Ele também determinou a criação de um gabinete de crise para concentrar informações e atendimento às vítimas.

A situação mais crítica é registrada na altura do km 669 da BR-673, em Guaratuba, em função de um deslizamento de terras que ocorreu na última segunda-feira (28/11). Duas pessoas morreram e seis já foram resgatadas com vida. Ao menos 15 carros e seis caminhões foram arrastados pela terra que deslizou sobre a rodovia, segundo estimativas.

As más condições do tempo e o risco de desabamento dificultam o resgate e as buscas, que precisaram ser interrompidas no fim da tarde de terça.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Estado de emergência

Na prática, o documento que estabelece situação de emergência pelo prazo de 180 dias autoriza a mobilização de todos os órgãos estaduais, sob coordenação da Defesa Civil, para atuarem nas ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução das áreas atingidas.

O decreto também legitima apoio do Estado aos municípios atingidos, e caso tenha o reconhecimento federal, as cidades também recebem apoio da União.

Além do envio de equipes e materiais, a medida possibilita o envio de recursos para esses locais, o que dá mais celeridade à recuperação das áreas atingidas para que a situação retorne à normalidade.

Informações sobre desaparecidos

Familiares e amigos de pessoas que eventualmente possam ter desaparecido no local devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Polícia Científica, pelo telefone (41) 3361-7242. O serviço funciona 24 horas.

Além disso, outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone do Centro de Operações Cidade da Polícia: 0800-282-8082.

Mais lidas
Últimas notícias