BH: mãe condenada por amarrar e torturar a própria filha está foragida

O crime foi cometido em 2016, e a criança já sofria com um histórico de violência familiar

atualizado 10/09/2021 17:38

Divulgação/Polícia Civil

Uma mulher de 35 anos está foragida após ter sido condenada por torturar a própria filha, que tinha 13 anos na época dos fatos, em Belo Horizonte. A informação foi repassada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (10/9). De acordo com a corporação, a mulher fazia uso de drogas e bebida alcoólica.

De acordo com o delegado Diego Lopes, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, a mulher torturou a filha, que tinha 13 anos na ocasião, amarrando, amordaçando e agredindo a vítima. O crime foi cometido em 2016, e a criança já sofria com um histórico de violência familiar.

Leia mais em BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias