RJ: policial militar morre após trocar tiros com suspeitos

Cabo foi surpreendido por homens armados em uma esquina na Baixada Fluminense. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital

atualizado 01/09/2021 17:19

Policial militar é baleado e morto em Mesquita (RJ) 3

Um policial militar do Rio de Janeiro identificado como Daniel Alexandrino de Oliveira, 32 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (1/9) após ser baleado na esquina das ruas São Paulo e Bahia, em Mesquita, município da Baixada Fluminense.

Uma fonte informou ao Metrópoles que o agente estava com dois homens, um deles ex-integrante do tráfico de drogas na comunidade da Coreia, em Mesquita. Ao ver o homem, um morador teria filmado e enviado a gravação para traficantes locais, que foram até a parte baixa do local para executar o homem, que hoje faz parte da milícia. Na troca de tiros, o cabo Daniel foi atingido, assim como um terceiro homem, de raspão. O agente acabou socorrido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, município vizinho, mas já chegou morto à unidade, segundo a Prefeitura de Nova Iguaçu.

0

O cabo Daniel era lotado no 16º BPM (Olaria) e estava de férias. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foi acionada e já realizou perícia no local. O ex-traficante foi levado para a delegacia junto com o carro e a arma do agente.

Neste momento, a PM está na comunidade da Coreia, pertencente ao Complexo da Chatuba. Em um vídeo gravado no local do crime, é possível ouvir muitos tiros e ver marcas dos disparos em muros. Há também manchas de sangue no asfalto.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do cabo Daniel Alexandrino de Oliveira e informou que ele estava na corporação desde outubro de 2013. Ainda não há informações sobre o enterro do agente.

Mais lidas
Últimas notícias