Babá é investigada por falsa denúncia de abuso sexual contra criança

Segundo a polícia, é falsa a denúncia feita pela mulher de abuso sexual a uma criança de 7 anos em Goiânia

atualizado 19/04/2022 19:56

Reprodução

Goiânia – De acordo com a Polícia Civil de Goiás, é falsa a denúncia feita por uma babá de que um homem teria abusado sexualmente de uma menina de 7 anos, na capital goiana. Conforme a corporação, a mulher inventou a história.

O suspeito do caso, de 53 anos, chegou a ser preso na manhã desta terça-feira (19/4), no entanto, segundo a corporação, o homem não cometeu crime algum.

História fantasiosa

A babá teria sido contratada pela mãe da criança, há cerca de 12 dias. A mãe e o pai são separados e a funcionária criou uma versão fantasiosa de que um amigo da mulher estaria abusando da menina.

Conforme explicação do delegado responsável pelo caso, Wesley Silva, a babá criou a história quando o homem começou a se relacionar com a mãe da menina. Além de inventar o crime, a mulher também é suspeita de induzir o irmão da vítima, de apenas 11 anos, a acreditar no relato.

A alegação da babá é de que havia um vídeo que comprovava o abuso sexual. Contudo, ao analisar as imagens, o investigador concluiu que não há abuso. Segundo a polícia, a gravação mostra o homem brincando com a menina, apertando seu braço, sem tocar em nenhuma parte íntima ou se utilizar de atitudes lascivas.

As testemunhas ouvidas disseram não ter presenciado nenhum crime sexual contra a menor. Portanto, as investigações apontam que a cuidadora teria criado toda a história.

A mulher deve ser indiciada, ao fim do inquérito, pelo crime de denunciação caluniosa. Vale ressaltar que ela possui antecedentes criminais por fatos semelhantes, ao criar histórias fantasiosas.

Mais lidas
Últimas notícias