Avião com vacina contra Covid-19 bate em jumento que estava na pista

Os imunizantes não sofreram danos, mas o animal se feriu e fugiu do local. Outra aeronave foi enviada para realizar o transporte

atualizado 03/03/2021 14:40

TV Globo/Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (3/3), um avião que fazia o transporte de doses da vacina contra a Covid-19 para a cidade de Ibotirama, oeste da Bahia, se chocou contra um jumento que estava na pista do aeródromo no momento do pouso.

Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o avião da Casa Militar do governo da Bahia transportava quatro caixas com doses da vacina Coronavac, que não sofreram nenhum dano. A Coronavac é produzida pelo Instituto Butantan.

O piloto que conduzia a aeronave saiu ileso, mas o avião sofreu pequenos e teve que ser substituído para dar a sequência ao transporte das vacinas.  O imprevisto, segundo a Sesab, implicará apenas no atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama. A informação é do G1.

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local para atende à ocorrência e constatou que o animal ficou ferido mas fugiu do local. Por isso, não se pode constatar a gravidade dos ferimentos causados pelo acidente, segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Até a tarde de terça-feira (2/3), a Secretaria de Saúde do estado, já havia registrado cerca de 470 mil pessoas vacinadas com a Coronavac, dos quais 124 mil receberam também a segunda dose.

 

Últimas notícias