*
 

Uma aeronave bimotor que levava as comitivas dos deputados petistas Ságuas Moraes (federal), 54 anos, e Valdir Barranco (estadual), 42, fez pouso forçado neste sábado (2/9), em uma fazenda de Juara, em Mato Grosso. Um dos motores do avião, que decolou de Aripuanã, parou de funcionar, por volta das 8h30, e o piloto preferiu aterrissar na propriedade.

Valdir Barranco relatou ao portal de notícias RD News que, além dele e Ságuas, estavam no avião a ex-secretária de Educação Rosa Neide, sua chefe de gabinete; Nelson Borges, assessor da área agrária, e Carlos Maranhão, assessor de imprensa.

Os problemas técnicos surgiram quando restavam cerca de 15 minutos para a aeronave pousar em Juara. No município, os deputados e as comitivas seguiriam de carro até Novo Horizonte, para cumprimento de agenda oficial.

“Eu percebi que o motor havia parado, pois estou bastante acostumado a voar. Mas o comandante procurou não demonstrar que ele precisou realmente fazer o pouso forçado. Foi um momento de bastante apreensão, mas deu tudo certo, graças a Deus”, descreveu Barranco.

Após o susto, o grupo pegou “carona” no avião de um produtor rural, que completou o trajeto e deixou os passageiros no aeródromo de Juara.

 

 

COMENTE

mato grossopouso de emergênciaSáguas MoraesValdir Barranco
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil