Aulas em SP voltarão em agosto sem limite de capacidade nas escolas

Segundo governo de SP, cada unidade deverá estabelecer regras de acordo com a realidade. Seduc disponibilizará 3 milhões de testes de Covid

atualizado 16/06/2021 14:17

Retorno das aulas do ensino médio no estado de São Paulo. Escola Estadual Professor Milton da Silva Rodrigues, no bairro Freguesia do ÓRafaela Felicciano/Metrópoles

São Paulo – O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (16/6) que as aulas no estado voltarão em agosto sem limitação de capacidade. Atualmente, as escolas têm um limite de 35% de alunos por dia, de acordo com o número de matrículas.

Mas a partir de 1º de agosto, de acordo com o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, as escolas deverão levar em conta a realidade e espaço, dando ênfase ao distanciamento de 1,5 metro entre os alunos. “Cada escola elaborará seu plano de retorno, assegurando o cumprimento dos protocolos e supervisionada pela Secretaria de Educação (Seduc-SP)”, diz a apresentação de Rossieli.

“Quanto mais tempo demorarmos a voltar, maior será o déficit de aprendizagem dos nossos estudantes. É urgente voltarmos com nossas crianças, jovens e adultos às aulas presenciais”, afirmou Rossieli Soares.

A Secretaria de Educação também informou que estão sendo adquiridos 3 milhões de testes de Covid-19 destinados para profissionais da educação e estudantes. A compra está sendo feita por meio de ata de registro da Secretaria de Saúde e os testes serão aplicados em parceria com secretarias municipais de Saúde em casos sintomáticos.

Também será feita avaliação sentinela para garantir vigilância epidemiológica escolar.

Últimas notícias