Áudio: criminosos usam nome do prefeito de Goiânia para clonar WhatsApp

Abordagem ocorre ao convidar pessoas para participarem de uma "live sobre empreendedorismo", que teria participação do prefeito

atualizado 04/02/2021 21:57

Prefeito de Goiânia (GO), Rogério Cruz (Republicanos)Divulgação/Prefeitura de Goiânia

Goiânia – O nome do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), vem sendo utilizado por golpistas que tentam clonar contas do aplicativo WhatsApp. Em comunicado emitido na tarde desta quinta-feira (4/2), a Prefeitura de Goiânia informou o ocorrido e alertou para o fato, denunciando as artimanhas que vêm sendo utilizadas pelos criminosos.

A abordagem ocorre em forma de convite para uma “live sobre empreendedorismo”, da qual o prefeito seria um dos participantes. O fato veio ao conhecimento de Cruz depois que ele recebeu avisos de pessoas próximas. Um deles partiu de uma conhecida que conseguiu, inclusive, gravar o áudio da ligação que ela recebeu dos golpistas.

Do outro lado da linha, uma mulher a orientava para que fosse feita a confirmação de recebimento de uma mensagem SMS para validar o convite da live – fake.

“Mas essa live é do prefeito Rogério da Cruz? É o prefeito que vai fazer?”, questiona a pessoa, já suspeitando do golpe. “É o prefeito Rogério da Cruz, isso, de Goiânia. Ele que vai estar participando. Ele vai estar falando sobre o empreendedorismo feminino na pandemia e vai ter a participação especial da Cris Arcangeli, que seria a apresentadora do programa Shark Tank Brasil”, responde a golpista.

O diálogo segue com a orientação de que, na mensagem SMS enviada, estariam seis dígitos que deveriam ser repetidos pela pessoa para liberar a credencial. “A senhora consegue confirmar comigo o envio para eu atualizar o seu convite?”, pergunta a mulher. “São só os seis números que você precisa me informar”, continua.

Nesse momento, já consciente de que se tratava de um golpe, a conhecida do prefeito questiona a golpista: “Você quer que eu te informe meus seis números para você clonar meu telefone celular e me aplicar golpes?”. A ligação cai imediatamente.

Ouça o áudio:

Uma segunda pessoa também alertou o prefeito nesta quinta, em mensagem enviada pelo Instagram. No comunicado emitido nesta tarde, a assessoria de Rogério Cruz esclarece que não há nenhum contato por parte da administração de Goiânia com convites desse tipo e que medidas legais serão tomadas para evitar a continuidade da tentativa de golpe.

Golpe comum

Plataforma pessoal de enorme alcance, o Whastapp tem sido cada vez mais alvo de clonagens e ataques. Conforme um levantamento do ano passado do laboratório Dfndr Lab, especializado em segurança digital, em seis meses mais de três milhões de pessoas foram vítimas de fraudes no aplicativo.

Mas o que pode ser feito para se proteger? E, caso ocorram problemas, como agir? A própria plataforma orienta que o primeiro passo é nunca fornecer o código de confirmação do WhatsApp a terceiros. Em seguida, é necessário ativar a confirmação em duas etapas. Outra dica é não perder a calma.

Veja o comunicado da prefeitura de Goiânia:

“Alertamos que o nome do prefeito Rogério Cruz tem sido utilizado por criminosos em tentativas de clonagem de WhatsApp. O conhecido golpe tem sido aplicado sob falso pretexto de uma live sobre empreendedorismo.

Por meio de ligações, os criminosos tentam ludibriar potenciais vítimas a confirmar um código enviado por SMS. Para isto, as pessoas são induzidas a acreditar os dados se referem a uma credencial para a participação de reunião on-line com o prefeito.

Esclarecemos que não há nenhum contato por parte da administração com convites desta natureza. Informamos ainda que serão tomadas as medidas legais pertinentes.

Assessoria de Imprensa do Prefeito Rogério Cruz”.

Últimas notícias