Asteroide passa “de raspão” pela Terra e só é descoberto 2 semanas depois

O objeto estelar passou a menos de um centésimo da distância entre a Terra e a Lua

atualizado 26/08/2020 13:44

Um asteroide passou raspando pela Terra, no último sábado (15/8), sem ser detectado. A menor distância dele com o solo do planeta foi de 2.950 km, o que equivale a menos de um centésimo do espaço entre o nosso planeta e a Lua, medida usada como referência entre corpos estelares.

No entanto, de acordo com o jornalista especializado em astronomia Salvador Nogueira, a situação não era preocupante. Segundo ele, o pedregulho espacial media entre 3 e 6 metros e choque entre objetos desse tamanho e a Terra são frequentes, sem dano significativo.

“Mas, claro, o achado é um alerta de que tem muito pedregulho solto por aí, e podemos ser pegos de surpresa a qualquer momento. Felizmente, a imensa maioria dos asteroides de grande porte, que trazem ameaça de extinção, já foi mapeada, e nenhum deles está em rota de colisão com a gente”, alertou em sua conta no Instagram.

0

 

Últimas notícias