Assassinato de mulher em SC pode ter sido motivado por preço da carne

Segundo a Polícia Militar, no local, houve uma briga envolvendo cerca de 20 pessoas

atualizado 07/01/2022 15:21

Assassinato de mulher no Ano-Novo em SC pode ter sido motivado por preço da carne, diz políciaFacebook/Reprodução

A morte de uma jovem de 26 anos em Videira, no Meio-Oeste de Santa Catarina, pode ter ocorrido após uma briga pelo preço da carne. Rosângela Marcoski participava de uma confraternização de Ano-Novo quando foi assassinada no dia 31 de dezembro.

O caso ocorreu por volta das 20h30min, no bairro Vila de Carli. Segundo a Polícia Militar, no local, houve uma briga envolvendo cerca de 20 pessoas. No meio da discussão, Rosângela foi atingida nas costas com um objeto cortante e não resistiu aos ferimentos.

O suspeito pelo crime, de 21 anos, foi preso em flagrante e segue detido preventivamente. Segundo o delegado Ismael Gustavo Jacobus Marmitt, durante o interrogatório, ele não soube informar o que aconteceu.

Leia mais no NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias